Post Content
Grife francesa traz referências da moda de décadas passadas em seus modelos.
Saiba quais são as características de cada época logo abaixo:

 

 

 

“A moda sai de moda, o estilo jamais.” A famosa frase de Coco Chanel traduz perfeitamente uma atual tendência da moda bridal, o estilo retrô. Inspirar-se em outras décadas está na moda e é sinônimo de modernidade e atitude.

 

É por isso que em 2013, a Pronuptia Paris – grife de vestidos de noiva número 1 na França – traz em sua coleção peças que possuem detalhes inspirados na moda do passado, característica que se tornou tendência na alta-costura internacional.

 

Isaí Chavez, Diretor da Pronuptia no Brasil, explica qual é o perfil da noiva que busca um vestido de noiva retrô. “Quando falamos de moda vintage e retrô aplicada ao casamento, falamos de originalidade e criatividade. Este tipo de vestido é procurado por noivas modernas, que querem ser originais e diferentes, que não seguem as massas. Com um vestido vintage, a originalidade do casamento é garantida”, afirma Isaí.

 

 

As características de um vestido retrô variam de acordo com a década em que são inspirados. Por exemplo, os anos 20, que têm influenciado fortemente a moda do século XXI, apresentam vestidos de noiva com cortes retos e cintura baixa – muito modernos para a época – com detalhes em formas geométricas, glitter, lanteloujas, miçangas e franjas.

 

Já os anos 30, trazem características mais convencionais como o espartilho, cortes planos e ausência de volume. A década de 40 teve uma moda mais sóbria. Os vestidos de noiva eram curtos, abaixo do joelho, com a cintura marcada por cintos. Os modelos também traziam mangas balonê ou eram tomara que caia. E a década de 50 foi marcada pelo New Look, do estilista Christian Dior, que desenhava modelos com a cintura marcada e saias ultrarrodadas. Segundo Isaí, essa foi uma forte influência para Elisabeth Barbosa, estilista da Pronuptia Paris.

 

“A palavra-chave dos anos 50 é ultrafeminino”, explica Isaí. “As saias dos vestidos possuem comprimento abaixo do joelho, a 30cm do chão. Os modelos desta época buscam enfatizar o busto, e trazem cinturas super marcadas, com saias muito rodadas.”, finaliza.

 

Os anos 60 e 70 têm características revolucionárias. Nos anos 60, a grande sensação eram os vestidos curtos e retos. Já na década de 70, o comportamento hippie foi o grande diferencial da moda da época, modelos com alça fina e corte imperial eram os preferidos das noivas nesse período.

 

 

Os tecidos mais utilizados em vestidos retrô são o tule e a organza. Rendas de algodão, chiffon e panos transparentes também fazem parte deste grupo. Quanto aos acessórios da moda retrô, a noiva encontrará luvas, plumas, lenços e colares.

 

Isaí ressalta o que a noiva deve priorizar na hora de escolher um vestido, seja ele retrô ou comum: “O mais importante é que a escolha combine com a noiva, que ela se sinta bem com o seu vestido, para que assim ele se torne uma espécie de segunda pele”.

 

Onde encontrar:
Av. Rebouças, 2499 – Tel: (11) 3063-3110

 

O que acharam meninas???

 

Aguardo seus comentários!

 

Beijos

 

______Patricia Fortes
Noivas do Brasil
Twitter: @noivasdobrasil
Instagram: @patyfortes | @noivasdobrasil

 

Créditos: Pronuptia