Post Content

Vocês lembram de como o Dunga (ex-técnico da seleção brasileira de futebol) se vestia entre 2006 e 2010? Para quem não lembra, ela começou a aparecer um publico com casacos de pelúcia e golas rolê. Pois bem, sua filha Gabriella Verri foi a responsável pelo visual do paizão.

Em uma reportagem ao blog do jornal Folha de São Paulo, Gabriela Verri recentemente tornou-se estilista e abriu seu próprio ateliê.

Confira abaixo a matéria na íntegra:

 

 

Gabriela Verri, a filha que vestiu Dunga com golas rolê e casacos de pelúcia enquanto ele foi técnico da Seleção Brasileira de Futebol, entre 2006 e 2010, passa agora a atender pelo nome. E com loja própria.

A estilista de 26 anos abriu há quatro meses na Tristeza, bairro rico de Porto Alegre, um ateliê para atender a noivas, madrinhas e debutantes. Desde que ela se formou em moda, só faz roupa feminina.

 

 

Verri conversou com o blog sobre a escolha profissional e as críticas recebidas na época em que presenteava o pai com casacos militares de Alexandre Herchcovitch e camisas estampadas de grifes como a italiana Prada.

Quando começou a fazer vestido de noiva?

Um ano e pouco atrás. Uma amiga, de quem eu ia ser madrinha, me convidou para fazer. Fiquei super com medo, mas ela disse: “Confio em ti e acredito que vá dar certo.” Foi bom ter essa primeira experiência com alguém com quem eu tinha intimidade, que tinha abertura.

 

 

E o segundo?

Foi meses depois. Muita gente viu e foi um boca a boca grande depois da festa. Desde então foi bem, fiz vários, mas ainda quero fazer bem mais vestidos.

Qual a diferença entre fazer um vestido de noite e um de noiva?

Você se envolve muito mais com a cliente, ela fica nervosa. A noiva pede ajuda no sapato, no cabelo, no brinco. Elas estão muito inseguras, então se envolvem mais do que a cliente de dia a dia.

Qual é seu estilo?

Você tem de se adaptar ao estilo da noiva, o que ela quer. Às vezes, a noiva está com uma ideia e não combina com o corpo dela. Uma cliente queria um vestido tomara que caia em camadas. Consegui convencer que era melhor colocar uma alça. Acaba sendo um estilo mais jovem. Prefiro não fazer muito volumosos.

Uma noiva deve te procurar com quanto tempo de antecedência e com quanto dinheiro no bolso? A noiva sempre precisa mudar mais, então é bom vir com uns bons meses de antecedência. E o custo é partir de uns R$ 3.000, para os vestidos mais simples.

 

Ser filha do Dunga ajudou?

Abre portas com certeza, dá uma exposição maior. É bom e ruim.

Qual é a parte ruim?

As pessoas podem ter certo preconceito. “Ela é filha dele, tem espaço só por isso”, pensam. Ou ficam com pé atrás. As críticas chegam mais rápido.

 

 

Esperava ser criticada por vestir seu pai?

Eu nunca fiz “styling” para ele. Eu dei algumas sugestões mais de início, algumas dicas de o que ele poderia usar. O primeiro jogo foi aquele choque. Não se falou em outra coisa. Ele não queria usar terno, então chegamos num meio-termo, que não era nem terno nem agasalho de fazer esporte, e ele foi por conta depois. Escolhia as próprias peças e às vezes vestia umas roupas que eu não esperava que ele vestisse. Ele usava no momento que ele estava confortável para usar.

 

 

Como lidou com a reação de quem torcia por você através do Dunga, fosse contra ou a favor?

O futebol é um esporte muito passional. As pessoas jogavam a culpa de outras coisas. Até saí das redes sociais na época por causa disso, mas já voltei.

 

 Muito sucesso Gabriela!!!! 🙂

 

E ai meninas, o que acharam???

 

 

Beijos

 

 

Site: www.noivasdobrasil.com.br

Twitter: @noivasdobrasil

Instagram: prfortes | noivasdobrasil

Facebook: www.facebook.com/noivasdobrasil.page

 

 

Créditos: Folha de São Paulo Por Chico Felitti (Matéria aqui)