Post Content
Talvez em nossa cultura nenhuma outra flor tenha tantos significados quanto às rosas. Magnífica e dotada de uma beleza sedutora e exuberante, as rosas encerram séculos de olhares românticos, apaixonados e respeitosos que inúmeras civilizações depositaram sobre elas.

 

 

As roseiras são plantas tão magnificamente especiais que não só as suas flores têm significados. Seu caule e suas folhas também encerram significados ocultos e “mágicos”.  As folhas, por exemplo, simbolizam a esperança humana. Um ramo que inicia o desabrochar significa gratidão e uma coroa feita com fores e caules; virtude recompensada.  As pétalas, de acordo com as cores que possuem, podem ter os seguintes significados:

 

[box] Rosas Vermelhas: A mais comum e buscada. Seu simbolismo tem a ver com amor intenso e vívido. O vermelho é o fogo ardente da paixão e da coragem.Rosas Cor-De-Rosa: Nesta tonalidade, as rosas significam gratidão (rosa escuro) ou querer bem (rosa claro). No entanto, o significado mais aceito é o da gentileza.Rosas Coral: Entusiasmo, desejo e lembrança eterna.Rosas Brancas: Inocência, pureza, respeito, reverência, silêncio e humildade.Rosas Amarelas: Satisfação e alegria. Rosas Azuis: Significam confiança, reserva, harmonia e afecto.Rosas Verdes: Significa esperança, descanso da juventude e equilíbrio.Rosas Violetas: Significa calma, auto-controlo, dignidade e aristocracia.Rosas Pretas: Significa separação, tristeza e morte.Rosas Cinzentas: Significa desconsolo, aborrecimento e velhice.[/box]

 

Os botões de rosa diferem em seu significado das flores plenamente abertas.

 

Os botões vermelhos significam pureza ou beleza virginal e, os brancos, juventude e inocência.

 

Além disso, se duas rosas estiverem unidas pelo caule é sinal de noivado ou de casamento ou uma rosa aberta encimando dois botões é um pedido de segredo.
Apesar de ter expressado aqui as cores mais comuns e seus significados, na realidade existem mais de trinta mil espécies de rosas diferentes. Quase todas produzidas através de cuidadosos anos (ou mesmo séculos) de cruzamentos para que tornassem possíveis as mais incríveis variedades de cores e formatos.

 

Nos dias atuais, a possibilidade da manipulação genética direta do DNA da planta, acabou provocando o aparecimento de variedades que antes eram simplesmente impossíveis pelo processo de cruzamento natural. A rosa azul é um exemplo disso (foi produzida no Japão).

 

Seja lá de quer cor ou forma for: natural e pura; híbrida ou geneticamente transformada ou criada, os buquês de rosas exercem uma fascinação nos casais apaixonados e mesmo entre pessoas que sentem carinho despretensioso umas pelas outras que elas continuarão, por tempos incontáveis ainda, como as flores favoritas dos amantes e dos que se gostam ao redor do mundo e mesmo após incontáveis gerações.

 

Coragem, amor, paixão, fé, respeito, veneração, amor filial, carinho, ardor sexual, conquistas e celebração. Aonde quer que o homem vá e julgue que haja algo que ele deva comemorar ou alguém que deva agradar; lá estarão os buquês de rosas com se encantamento e sua mística milenar e enigmática beleza.

 

Exatamente como foi até os dias de hoje.
O que acharam meninas???

 

Aguardo seus comentários!

 

Beijos
____Patricia Fortes
Noivas do Brasil
Twitter: @noivasdobrasil
Instagram: prfortes | noivasdobrasil

 

Créditos: Google/FloresOnline/Floristas